Projecto de Reordenamento e Qualificação da Frente Lagunar de Estarreja - Cais da Ribeira do Mourão e Esteiro de Veiros

Ficha Técnica

Concurso de Concepção (1º Lugar)
Cliente: POLIS Litoral Ria de Aveiro
Local: Veiros e Avanca (Estarreja)
Ano: 2011
Área: 33 700 m²
Orçamento: 450 000 €


A intervenção na Ribeira do Mourão prevê a ampliação do parque existente para nascente, onde a linguagem e os materiais são mantidos e as linhas de força prolongadas. A criação de uma estrutura arbórea (previamente inexistente em toda a área) permite formar zonas de sombreamento, nomeadamente em zonas de estada. Para poente é formalizado um caminho de traçado orgânico com uma métrica cadente, marcado pontualmente por ligações a pequenos atracadouros em madeira. No final deste é construído um posto de observação de avifauna ligeiramente sobre-elevado.

O adro da Capela de Nª Srª da Ribeira, no Esteiro de Veiros, é desenhado sobre uma métrica compatível a com estrutura arbórea existente, levando ao reforço de alguns alinhamentos visuais. Com base nestes é criado um jogo de atravessamentos transversais, pontos de estada em muros-banco, canteiros frescos de fetos, e um parque infantil. A praça de ligação entre o adro e o cais resulta numa extensão destes eixos, materializada em alinhamentos arbóreos e numa estereotomia de vários pavimentos em granito. O projecto contempla ainda a requalificação de toda a envolvente ao cais; a criação de um estacionamento de apoio à igreja; um açude para manutenção do nível do espelho de água no esteiro; e de uma estrutura de observação de avifauna.

Particular atenção para a recuperação e execução de estruturas de contenção das margens lagunares, com recurso à combinação de técnicas de engenharia natural, tais como faxinas, entrançados, esteiras de ramagens... Dado o revestimento em entrançado de vime dos postos de observação de avifauna, este é combinado com faxinas vivas na base das estruturas, para uma melhor ocultação e ligação com a envolvente.

Voltar ao Topo